sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Música e Volume



[Ouvindo e duetando Calcanhotto]
Nota: Sexta-feira: dia de arrumar a casa etc – tava tudo muito bom, quando...

Tem gente que consegue, numa boa, ouvir música em “som ambiente”. Eu não sei de que se trata! Ah, que o digam meus vizinhos!...
Quero saber quem que resiste????? Cantar em alto e bom som: “Eu prefiro seeeeeeeeer essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tuuuudo...” [Apesar de ele preferir o DO QUE ao A! Quem é que liga? É Rauuuul!]

E aquela, da Calcanhotto, que nos dá uma vontade de sair por aí com o fone no ouvido, esquecidos de todo o resto????!!!!! “Eu ando pelo mundo prestando atenção em cores que eu não sei o nome: cores de Almodóvar, cores de Frida Kahlo, cores...” [Apesar da substituição do pronomezinho CUJO, que deveria estar, bem ali, em vez do relativo QUE. Mas é fato que não cabia! Imagine só: “Prestando atenção em cores cujos nomes não sei...” Pelamor, né?! ¬¬’]

E ainda aquela outra da Ana Carolina: “Que distância vai guardar nossa saudade? Que lugar vou te encontrar de novo? Fazer sinaaaaaaais de fogo... Pra você me veeeeeer!” [Quem repara a falta da preposição EM antes do QUE, para seguir a regência??? Isso não é nada!!!]

Eu sempre discuti o uso do alto volume. [A favor, claro! Se não for funk/axé/pagode/sertanejo/techno/e afins, por mim, tudo bem!]
Bom, antes “probleminhas” de regência, que... “Vem que vem que vem quicando”!!!
Se bem que... notemos: que bonita aliteração temos aí, hein?!

Mas toda essa história só para dizer que o pior de tudo é quando se chega àquela melhor parte da audição, na mais alta das empolgações: “Eu perco as chaves de casa!!! Eu perco o freiuuuuuu!!! Estou em milhares de cacacacacacos... Eu estoutoutoutou ao meio....” E descobre-se o CD arranhado bem na música preferida. É como ficar, realmente, sem chão; pela Metade. “/
Agora, vou ver se me recomponho...

9 comentários:

Tatiana disse...

vc precisa de analise amiga!!!rs

Rafaela Figueiredo disse...

ahhhh, e eu não sei??!!
só falta o fundo $, né?! hahah
:P

Marcia disse...

kkkk

Vc é uma figura!!

Quem mais poderia corrigir com tanta clareza as discrepâncias
ortográficas da nossa MPB? Quem, quem? Só ela mesma... SARAMAGA!!!!!
kkkk

Beijos!!!

Wallace disse...

Querida, Rapha, gostei muitíssimo de Esquizofrenia II e Música e Volume, além das anteriores.
Tb sou eternamente grato a vc, por incluir meu MySpace em suas referências...
Por acaso já tem registrado seus poemas no Ministério da Cultura? É o primeiro passo para a confecção de seu LIVRO.
Bj!
Wall

marjoriebier disse...

hahahahahaha!!!

Meniiiina... tb adoro esquadros!!! Que coisa mais linda!!!

bj

Renata de Aragão Lopes disse...

(risos)

Adorei o texto!
Beijo,
doce de lira

Camilinha disse...

Show, Rafa!

Além de ter que concordar mais uma vez com você - É realmente impossível ouvir uma boa música em Som ambiente! - ri muito com as suas correções! rs

Você é muito boa, menina!
Amo!

Marcelo Novaes disse...

Rafaela,


Recomposta já, espero...


Compassos engolem algumas regências.


Não são exatamente analfabetas as pessoas citadas...


;)








Beijos,








Marcelo.

Rafaela Figueiredo disse...

não, claro q não!
nunca ousaria dizer isso; se insinuei, foi desapercebidamente...

até pq admiro todos os citados! :)

era só para brincar! ;)

beso