segunda-feira, 7 de junho de 2010

à margem do meio



onde não há tempo
sou eterna;
pelo pensamento,
nada é longe!
: não há espaço [à fala].

pelo que transcende
há o Amor e há o Abraço.
[e tudo é trama
e tudo é laço...]

em areias espalhara
os meus passos
– migalhas de mim –
por que me orientei...

e o que me existe
não tem fim, nunca cessa;
a palavra que [me] cala
pelo meio começa...




"Clarice diz que sua função é cuidar do mundo.
E eu, que não sou Clarice nem nada, fui mal forjada,
Não tenho bons modos nem berço.
Que escrevo num tempo onde tudo já foi falado, cantado, escrito.
O que o silêncio pode me dizer que já não tenha sido dito?"

[V. Mosé]

10 comentários:

Mamãe disse...

Minha pequena grande poetisa.

Lindo!!

Bjs.

Marcelo Novaes disse...

Rafaela,





Urobórico. [Vc é escritora de circularidades].


[Gostei dessa montagem orkutiana; reveladora...].






Um beijo.

Fernanda disse...

Bom acaso descobrir-te!!
Lindo texto! Bj

Rafaela Figueiredo disse...

Chuchus,
vcs sãos as maiores das minhas inspirações! =P

besos

.

Fernanda,
q bom 'cair' por aqui!
caia mais vezes - sem se ferir. ;)

um bjo

sopro, vento, ventania disse...

taaaaaaaaaaaaaaaaaaaaanta saudade de vir aqui, de ver/ouvir você.
Tanta saudade, que não cabe, não cabe. Chega dói, ver que você vai indo lindamente - dói de bom.
E não há como não ver no seu poema no seu não-trema um pouco de mim que me escondo em temas menos lindos e menos sutis.
Querida, que bom que você existe assim, assim não me esqueço de mim.
Obrigada pelo email, tão lindo, e só vi hoje, e quero responder com calma.
BEIJOS!!!!!!!!!!!!!!!!!
Cynthia

sopro, vento, ventania disse...

Sobre seu post:
linda,linda foto
linda,linda a ideia da foto
linda,linda cada uma das palavras desse poema
tudo encadeamente ilógico.

tenho um poema: "Migalhas" que diz "migalhas no pátio para pombos famintos" - um dia te mostro.
Seu texto: "migalhas de mim", caraaaaaaaca é muito bom.
beijos.
Cynthia

Talita Prates disse...

que lindo tudo isso...

:)

Rafaela Figueiredo disse...

lindeza tu!

=*

Fah! =*.*= disse...

Eu vou deixar que meu silêncio fale o que sinto agora quando li isso aqui...

bjus

Fah! =*.*= disse...

Eu vou deixar que meu silêncio fale o que sinto agora quando li isso aqui...

bjus