quarta-feira, 24 de julho de 2013

Sem mais

Não quero o chão
Nem nuvens;
Não quero superfície
Ou profundezas.

Não quero mais
Nenhum [em] vão
No vago fim
Do infinito de nós dois
                          [ou mim]...



3 comentários:

Luiz Carlos OCAVALEIRO NEGRO disse...

O CAVALEIRO VEIO SABER AS NOVIDADES. MUITO SUBLINE O POSTO... deixo aqui estas palavras: Quando se ama não existe cor. Quando se ama não existe altura. Quando se ama não existe gosto. Quando se ama não existe preconceito, e ai onde muitas pessoas se enganam, achar que amar é simplesmente viver ao lado de um príncipe ou uma princesa,. Cada um leva uma coisa diferente em seu coração, e. quer saber? Vale a pena conhecer, , pois ela (ele) tem sentimentos nobres e um coração enorme. O cavaleiro negro apaixonado, deixa aqui um convite : venha saber as novidades. Bom restinho de semana. . Bye.

Anderson Lopes disse...

Amar é ser você mesmo
Sem precisar voar mais alto
Sem precisar ir tão fundo...

Fabrício César Franco disse...

Poetisa,

O espaço que lhe cabe tem a forma do afeto que você oferece... Quase uma dimensão por si só, uma tessitura crescente.

Beijo!