quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

a última teoria

escritor é um desocupado.

nunca fui - mas o tentava -
tampouco o quero ser.
hoje sei que tenho
muito mais
a fazer.

3 comentários:

Bruno de Andrade disse...

Ironia demanda aptidão, sensibilidade linguística. Somente os que se ocupam com a linguagem, de modo artístico, poético, é capaz de expressá-la com tamanha atração espiritual. Sua alma resume essa aptidão e sensibilidade na medida certa.

Mas, cá entre nós, a melhor ocupação é o ócio das palavras!

Beijos!

Marcelo Novaes disse...

Rafaela,


Uma "desocupação" que demanda um trampo do caralho, quando se quer fazer algo agudo.








Um beijo.

Rafaela Figueiredo Volta em Breve disse...

Bruno, tão querido,
vc me ensina...

um beijo

.

Celo, dear,
eis aí a ironia! ;) rs

beso